Micose

As micoses superficiais são infecções causadas por fungos que atingem a pele, as unhas e os cabelos. Podem se manifestar de diversas formas, dependendo do local afetado e também do tipo de fungo causador da micose. A tinea corporis forma lesões arredondadas, que coçam e se iniciam por ponto avermelhado que se abre em anel de bordas avermelhadas e descamativas, com o centro da lesão tendendo à cura. Já a tinea do couro cabeludo é mais frequente em crianças, forma áreas arredondadas de falhas nos cabelos, que se apresentam cortados rente ao couro cabeludo nestes locais (tonsurados). É muito contagiosa. A tinea dos pés pode se manifestar por meio de manchas avermelhadas, descamativas na região plantar e maceração entre os dedos dos pés.

É uma doença causada por fungos, que são microorganismos que podem ser encontrados na terra, na areia, nos animais e até mesmo na pele humana. Calor e umidade, comuns no verão, são condições ideais para a proliferação dos fungos, que crescem se reproduzem e causam doença, pois passam a consumir a queratina presente na superfície da pele ou das unhas.

O diagnóstico é clínico a partir do histórico do paciente e exame minucioso da pele. O exame micológico direto e a cultura para fungos podem ser solicitados sempre que houver dúvida diagnóstica e também para direcionar melhor o tratamento.

É feito com antifúngicos sistêmicos e tópicos.