Dermatite de Contato

Dermatite causada por alguma substância com potencial irritativo ou alergênico em contato com a pele. Pode se manifestar por meio de manchas ou bolinhas avermelhadas, vesículas, coceira, descamação e pequenas crostas.

Existem dois tipos de dermatite de contato: a irritativa e a alérgica.

A dermatite irritativa é causada por substâncias ácidas ou alcalinas, como sabonetes, detergentes, solventes ou outras substâncias químicas. Pode aparecer na primeira vez em que entramos em contato com o agente e as lesões da pele geralmente são restritas ao local do contato.

A dermatite alérgica de contato aparece após repetidas exposições a um produto ou substância. Ela depende de ações do sistema imunológico e, por isso, pode demorar meses a anos para ocorrer, após o contato inicial. Essa forma de dermatite de contato ocorre, em geral, pelo contato como produtos de uso diário e frequente, como perfumes, cremes hidratantes, esmaltes de unha, medicamentos de uso tópico, tinturas de cabelo, maquiagens, entre outros. As lesões da pele acometem o local de contato, podendo atingir outros à distância.

O diagnóstico depende de uma avaliação clínica cuidadosa, associada a um teste de contato, exame que muitas vezes permite identificar o causador desse problema de pele.

O tratamento pode ser feito com o uso de imunomoduladores, corticoides e anti-histamínicos. No entanto, enquanto o agente causador da dermatite não for identificado e afastado, recividas podem ocorrer.