Dermatite Atópica

É uma forma de alergia de pele, mais frequente nas pessoas com antecedentes de outras formas de atopia, tais como rinite alérgica e bronquite. Tende a ser uma dermatose crônica, que acomete principalmente as pregas flexurais (cotovelos e joelhos) e pode acometer desde bebês até adultos. Geralmente, a dermatite atópica se manifesta nos primeiros 5 anos de vida, sendo uma dermatose relativamente frequente nas crianças.

Ainda não se conhecem as possíveis causas da dermatite atópica, mas há evidências de que predisposição genética e histórico familiar de atopias influenciam o aparecimento da enfermidade. Além disso, alguns fatores podem funcionar como gatilho das crises. Entre eles destacam-se: substâncias irritantes (poeira domiciliar, conservantes, produtos de limpeza e usados na lavagem das roupas), tecidos de lã e sintéticos, frio intenso, ambientes secos, calor e transpiração, estresse emocional.

O diagnóstico é clínico a partir do histórico do paciente e exame minucioso da pele.

O sucesso do controle dessa dermatose e a melhora da qualidade de vida do paciente dependem de um acompanhamento clínico adequado, com uso de medicamentos específicos (que podem incluir imunomoduladores, corticoides, anti-histamínicos, probióticos), além de cuidados com a alimentação e hábitos de vida.